Monte um prato saudável para o almoço e jantar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Não é novidade para ninguém que as refeições são as fontes de energia e disposição que precisamos para fazer as atividades do dia a dia.

Um cardápio variado e regular contribui com o nosso bem-estar e nos ajuda a ter mais qualidade de vida. Ou seja, a alimentação é uma das bases para quem deseja ter mais vitalidade nas diferentes fases da vida.

Após o início da manhã você já fez muitas coisas, e precisa de uma pausa para descansar e recompor as energias, o horário do almoço é ideal para ter esse tempo de intervalo e montar um prato saudável e saboroso para matar a fome. 

A noite quando você já está mais tranquilo e quer aproveitar para relaxar da correria do dia, a fome também é grande e seu organismo precisa de uma alimentação mais leve e nutritiva para manter o equilíbrio.

Porém, muitas vezes você não sabe como montar o seu prato e têm dúvidas sobre quais são os alimentos mais adequados para cada refeição.  Nesse post vamos te ajudar a escolher as melhores opções para o seu almoço e jantar. 

O prato para o almoço

O almoço é uma refeição base, já que geralmente é a segunda grande refeição do dia e marca o intervalo na jornada de trabalho para se alimentar e renovar as forças para o resto do dia. 

Por isso, você não pode comer qualquer coisa e nem pular a pausa para o almoço. Pelo contrário, mesmo que você tenha pouco tempo para comer, é de extrema importância separar alimentos saudáveis e nutritivos para saciar a fome de forma correta com todas as qualidades nutricionais. 

Metade do seu prato deve ser composto por alimentos ricos em fibras, vitaminas e minerais: verduras e legumes. Podem ser crus, cozidos, refogados, ou assados, da forma que você preferir. 

Entretanto, os vegetais mais calóricos como batata, mandioca, batata doce, dentre outros, não entram nessa parcela, pois fazem parte de outro grupo alimentar, que deve compor uma parcela menor do seu prato, os carboidratos. 

Esse tipo de alimento deve compor 25% por cento do seu prato, além desses vegetais, as massas, o arroz e outros cereais, como o milho, também fazem parte desse grupo. 

No entanto, é recomendado escolher a versão integral do arroz e do macarrão, que oferecem uma maior quantidade de vitaminas, minerais e fibras. A combinação do arroz com o feijão tem muitos motivos para ser tão querida: a união dos dois fornecem aminoácidos de alta qualidade que não são produzidos pelo organismo. 

Os outros 25% da sua refeição, é indicado para as proteínas, tanto de origem animal como vegetal. Dê preferência a proteínas animais mais magras, como o frango, carne vermelha e os peixes grelhados, assados, ou cozidos de acordo com o seu gosto. 

Os ovos também são ótimas opções para compor as proteínas na sua comida. As proteínas vegetais incluem leguminosas como, feijão, ervilha, grão de bico, lentilha e soja, que também são fontes de fibras, possuem aminoácidos essenciais para o bom funcionamento do organismo e ajudam na produção de hormônios, anticorpos e enzimas. 

O  prato para o jantar

Embora algumas pessoas acreditem que não devemos nos alimentar no período da noite, isso não é totalmente verdade, podemos sim nos alimentar nesse horário. Porém, precisamos equilibrar as quantidades de alimentos e a combinação das proteínas e carboidratos. 

Assim como no almoço, devemos comer alimentos com variedades nutritivas, seguindo as proporções indicadas. Pode haver situações em que pode ser recomendada a diminuição das quantidades dos alimentos, principalmente carboidratos. Mas geralmente, não devemos pular o jantar. 

Além de uma refeição tradicional, você pode optar por opções mais práticas para o seu jantar como, sopas ou lanches. Se esse é o seu caso, não se esqueça de sempre observar a proporção nutricional e adicionar as fontes de carboidratos e proteínas sem passar dos limites. 

De acordo com os nutricionistas, comer à noite ajuda a acelerar as reações metabólicas e também pode favorecer a perda natural de peso, pois, durante o sono, o corpo trabalha gastando energia para digerir os alimentos. 

No entanto, é recomendado jantar no mínimo duas horas antes de dormir, e ter uma rotina na alimentação regulada, porque pular refeições e comer em horários desajustados, aumenta o consumo dos alimentos calóricos e gordurosos, diminui a saciedade e o bem-estar. 

Agora que você já sabe um pouco mais sobre como montar um cardápio saudável com as proporções adequadas de nutrientes, faça uma lista dos alimentos que você vai precisar para as suas refeições, na Camperia você encontra os melhores produtos e ainda pode receber tudo no conforto da sua casa. 

Então, não perca tempo, confere o que está em falta para fazer os seus pedidos na Camperia e continue acompanhando os nossos posts para não perder nenhum conteúdo. 

 

Deixe um comentário

Abrir Chat
1
Precisa de ajuda?
Olá!
Podemos Ajudar?