Carne de boa procedência reduz riscos para a saúde

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Carne de boa procedência reduz riscos para a saúde

Carnes são produtos que exigem muitos cuidados para garantir sua qualidade até chegar na mesa dos consumidores. Os processos de armazenamento, manuseio e higiene precisam ser prioridade dos fornecedores e estabelecimentos que fazem a venda, como açougues e mercados.

Segundo dados da Organização Não-Governamental Amigos da Terra, 30% da carne consumida no Brasil é clandestina. Esses produtos podem ser até 40% mais baratos, mas podem causar graves danos para a saúde de quem os consome. O consumidor precisa estar atento, carnes muito abaixo do valor de mercado, pode ser um sinal de alerta.

Como a nossa saúde pode ser afetada?

Consumir carnes não inspecionadas pode causar problemas como, intoxicação alimentar e toxinfecção alimentar, infecção causada por alimentos contaminados por bactérias ou toxinas, que em casos mais graves pode levar até a morte.

Esse consumo também aumenta o risco de contaminação por doenças transmitidas de animais para humanos, as zoonoses. Esse tipo de contaminação pode desencadear novas epidemias ou pandemias, como a do novo coronavírus.

Em relatório voltado para agricultura e alimentação, a Organização das Nações Unidas (ONU), declarou que 70% que surgiram desde a década de 1940 são de origem animal, disseminadas pelo consumo de carnes inadequadas.

Quais cuidados devem ser tomados?

É muito importante o consumidor estar atento a certos detalhes. Ele deve verificar se o rótulo do produto possui o selo do Serviço de Inspeção Federal (SIF) e se tem informações sobre o produto, até quanto tempo ele deve ser consumido e como manter a refrigeração correta. Assim como verificamos o prazo de validade de laticínios, é importante verificar a cor da carne, consistência e cheiro antes de levar para casa.

Verificar se o estabelecimento possui o selo da Vigilância Sanitária e quais as condições das instalações. O local precisa ser limpo, manter as carnes em locais bem refrigerados e fechados. Os atendentes precisam estar com vestimentas adequadas para o trabalho e manusear a carne em local limpo.

Quais cuidados devem ser tomados?

A Camperia é uma empresa com quase cinco décadas de tradição. Não queremos apenas vender carnes, queremos garantir segurança e confiabilidade, porque entendemos que a responsabilidade envolvida no nosso trabalho, grande um bem-estar social e coletivo. Trabalhamos apenas com cortes de animais confinados, exigimos todos os atestados e certificados, dentro das datas de validade. Fazemos questão de verificar todos os documentos a cada nova reposição do estoque.

O acondicionamento é muito importante. A refrigeração para carnes é muito séria e se mal realizada, pode provocar a disseminação de bactérias e vírus. As carnes vermelhas e aves frescas devem ser mantidas entre 2ºC e 4ºC, os peixes e frutos do mar devem ser mantidos entre 0ºC e 3ºC. Nós usamos termostatos digitais para garantir a manutenção da temperatura ideal.

Consuma de quem você confia, não coloque em risco a sua de família.

Precisando de carne? Nos chame pelo whatsapp.

Deixe um comentário

Abrir Chat
1
Precisa de ajuda?
Olá!
Podemos Ajudar?