CONFIRA NOSSO BLOG

A FÓRMULA PARA UM CHURRASCO PERFEITO: DESCUBRA AS 5 DICAS QUE VÃO FAZER VOCÊ ARRASAR NA GRELHA

 

Que você e outras milhões de pessoas amam um churrasco, a gente já sabe! Porém, para fazer uma carne de 1o categoria, é necessário muito mais do que arrasar na grelha, vai desde a escolha da melhor peça de carne, até a do carvão adequado para o seu evento.

E agora, para você se tornar o melhor do churrasco, vamos te apresentar 5 dicas poderosas, que vão fazer você se tornar o churrasqueiro mais respeitado da sua galera!

 

1o DICA: ESCOLHENDO OS CORTES

Selecionar os cortes bovinos é uma missão bem complicada, analisando a abundância, e variedade de sabores de dar água na boca, que cada corte proporciona. Contudo, para o churrasco de hoje, nós vamos focar nos cortes conhecidos como nobres. Está pronto?

 

Filé Mignon

O filé mignon é situado na parte de trás do animal, onde há pouca agitação, o que proporciona muita maciez, por isso, é considerado o corte mais macio. Consiste em uma peça de cerca de dois quilos, sendo magra, sem nervos, com pouco marmoreio, porém, bem irrigada.

Picanha

Picanha, a protagonista do churrasco, localiza-se no começo do coxão duro e não pertence a alcatra. Oposto do que muitos creem, a carne não precisa ter até 1,3 kg. Isso pelo tamanho da picanha variar conforme o tamanho da carcaça do animal e outros fatores como tipo de produção e genética do animal. Escolha as que tenham sete centímetros de altura. Ela deve ter a capa de gordura, que deve ser constante, sem falhas, com pelo menos 1 cm de altura.

Short Rib

O short rib é um corte situado na costela dianteira, e retirado junto com o miolo de acém. Tem um alto nível de marmoreio e sabor definido. Corte dianteiro é gostoso? Sim! Estamos vivendo a “Revolução do Dianteiro”. Os cortes do dianteiro, como o short ribs e o perfil de fibra do short rib são diferentes dos tradicionais, pois é rico em fibra vermelha.

Costela

A parte dianteira da costela é também conhecida como costela de ripa, encontra-se junto ao dorso (parte superior da caixa torácica) do animal, e é caracterizada por oferecer ossos maiores e mais largos, todos na transversal. Estabelece um cozimento mais longo para amaciar as fibras.

Já a Costela Ponta de Agulha ou Minga sai da parte inferior da caixa torácica, é formada por ossos mais finos e muitas cartilagens, muito entremeada de gordura e carnes. É um pedaço mais grosso, onde todos os ossos e nervos estão dispostos em mais de uma direção.

T-Bone⠀

Retirado da parte central lombar do boi, o T-bone ganha esse nome, por possuir um osso em formato de “T” que separa o filé mignon (parte menor) do contrafilé (parte maior). Várias pessoas confundem o T-bone com o Porterhouse, mas são cortes diferentes. O T-bone na maioria das vezes é mais fino, e tem o filé mignon menor que o Porterhouse. Contudo, os dois são muito gostosos, pois o osso proporciona um sabor único. No Brasil, o T-bone pode ser conhecido como Chuleta ou Bisteca, no entanto, estes cortes possuem uma altura menor que o T-bone.

 

2 o DICA: CONGELAMENTO E DESCONGELAMENTO DA CARNE

É cada vez mais comum, o costume de comprar carne congelada, ou carne fresca para congelar. E a dica é: congelamento acelerado e descongelamento lento. Se a carne contiver até 5kg, saque do congelador e bote na geladeira, com no mínimo, um dia de antecedência, e peças maiores, com pelo menos dois dias. Antes do preparo, tire a carne da geladeira por volta de 40 minutos antes, impedindo assim, um choque térmico ao colocar na grelha, panela ou forno.

 

3o DICA: QUANDO EU DEVO SALGAR?

Vai de pessoa para pessoa, porém o adequado é salgar depois de selar a carne. É um costume salgar antes para “dar sabor à carne”, contudo não é recomendado nem mesmo no churrasco, na qual a dica sempre foi “deixe a carne descansando no sal grosso antes de colocá-la na brasa”. Isso porque o sal pode ressecar a carne, aspirando os líquidos e enfraquecendo a sua suculência, além de sobrepor o sabor da carne. Escolha salpicar o sal grosso após selar cada lado da peça, ou acrescente sal de parrilla, depois de cortar a carne já assada.

 

4o DICA: COMO ACENDER A CHURRASQUEIRA

Do que adianta seguir todas as dicas até aqui, para queimar a carne no fogo alto, não é verdade? Por isso, até a preferência do carvão, intervém para um churrasco de qualidade. E todo mundo tem um amigo que erra na dose do carvão. Tenha um braseiro de qualidade, e não exagere na quantidade de carvão, para seu churrasco ficar perfeito!

 

5o DICA: ESTEJA POR DENTRO SOBRE O MUNDO DA CARNE!

Essa tarefa é bem simples! Basta seguir a Camperia Casa de Carnes, em todas as plataformas digitais, e ficar sempre por dentro, de como ter qualidade, satisfação, e um sabor maravilhoso, que só a Camperia oferece, dentro da sua casa!

Gostou? compartilhe clicando em umas das opções abaixo

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *